PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Vinho Quente: o elixir para aquecer a vida

Vinho Quente
Foto: Marcio Monteiro
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Marcio Monteiro explica o surgimento desta bebida no século II pelo império romano

Qualquer quermesse ou festa junina tem barracas de doces, prendas e, para esquentar as noites frias, vinho quente e quentão .


Hoje a receita e história é dessa bebida que nos aquece: o vinho quente.

Um bom vinho quente com muita maçã e especiarias faz qualquer pessoa ficar feliz e um pouco mais aquecida.

Vamos conhecer a história e receita dessa bebida deliciosa?

O vinho quente se originou no século II. Ele foi criado pelos romanos, que esquentavam o vinho para proteger seus corpos contra o gelado inverno.

Como os romanos conquistaram boa parte da Europa ao longo do século seguinte, seu amor pelo vinho quente, conhecido em inglês como mulled wine, foi disseminado por todo o seu império e nas regiões com as quais eles faziam trocas

Um livro de receitas inglês, datado em 1390, é o primeiro que sabemos que menciona o vinho quente. Ele fala sobre moer junto canela, gengibre , cravo, pimenta, noz-moscada, manjerona, cardamomo e grãos do paraíso (“spykenard de Spayn”, alecrim pode substituí-lo). Tudo isso misturado com vinho tinto e açúcar – sem mencionar a quantidade.

Nessa época medieval esta era uma bebida para mostrar a riqueza e a generosidade de uma casa.

Vinho quente aquece a alma e é um brinde a vida.

Vamos conhecer a receita.

Ingredientes

1 litro de vinho tinto

1 xícara (chá) de açúcar

2 xícara (chá) de água quente

cravo da índia a gosto

canela em pau a gosto

Modo de fazer

  1. Em uma panela, coloque todo o açúcar e leve ao fogo baixo;
  2. Mexa sem parar até derreter um pouco e formar pelotinhas de açúcar;
  3. Nesse momento, adicione a água quente;
  4. OBS: nesse momento o açúcar vai ficar um pouco durinho, mas é normal;
  5. Mexa um pouco e em seguida adicione o vinho;
  6. Adicione o cravo e a canela;
  7. Mexa de vez em quando e deixe cozinhar, no fogo médio por 10 minutos;
  8. Em seguida adicione a maçã picada em cubinhos;
  9. Deixe cozinhar no fogo baixo por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando;
  10. DICA: se o vinho que você for usar for um daqueles baratinhos, não coloque água pois ele pode ficar muito ralo e aguado.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM