PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Guedes entrega proposta que aumenta isenção do IR para até R$ 2,5 mil

Paulo Guedes
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Inicialmente governo queria isenção de R$ 5,5 mil. Sindfisco aponta isenção ideal para salários de até R$ 4 mil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou nesta sexta-feira (25) ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), projeto de lei que propõe um aumento na faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de salários de R$ 1,9 mil para até R$ 2,5 mil.


Anteriormente, a proposta do governo era aumentar para até R$ 5,5 mil esta faixa de isenção. De acordo com cálculo do Sindifisco (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal), a isenção ideal para o momento seria de R$ 4.022, e não R$ 2.,5 mil.

A proposta faz parte da segunda fase da reforma tributária. O projeto de lei trata de mudanças no imposto de renda para pessoas físicas e empresas e na tributação de lucros e dividendos.

“Hoje, são 31 milhões de declarantes de imposto de renda, 8 milhões são isentos. Com a mudança na faixa de isenção, outros 8 milhões estarão isentos. Então, 16 milhões de brasileiros estarão isentos de imposto de renda”, explicou Guedes.

Veja como pode ficar a tabela do IR atualizada:

tabela_imposto_de_renda
Foto: divulgação

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM