PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pastel: Conheça a receita assada deste alimento com diversas teorias de origem

Pastel Assado
Foto: Marcio Monteiro
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Rei das feiras livres, o pastel tem relatos de origens japonesa e europeia

Quem não gosta de um pastel? Afinal, essa iguaria tão popular pode levar os mais diferentes tipos de recheios, podendo ser frito ou assado.

O pastel é rei nas feiras livres e um dos aperitivos mais pedidos em botecos e bares. Mas você já se perguntou a origem desse petisco tão prático de ser preparado e delicioso de se comer?

Descendente de dois pratos típicos do continente asiático, o pastel é parente direto do rolinho primavera, da culinária chinesa, e do gyoza, japonês, dois pratos muito similares ao nosso pastel.

A história do pastel também pode ser contada a partir da Idade Média, quando era comum o preparo de massas recheadas levadas ao forno. No fim desse mesmo período, na Península Ibérica, atual Portugal, surgiu o pastel frito.

E como ele chegou no Brasil?

Podemos considerar a década de 1940 como a mais precisa para o surgimento do pastel no Brasil, já que foi nesse período que se teve um grande número de imigrantes nipônicos chegando ao nosso país, a partir do porto de Santos, para escapar da Segunda Guerra Mundial, que acontecia nessa época.

A partir daí, passaram a comercializar uma versão adaptada dos rolinhos primavera e gyozas,  utilizando ingredientes disponíveis no Brasil, como a substituição do sakê por cachaça.

Foram os japoneses que difundiram e popularizaram o prato por aqui, mas há relatos de que muitos desses imigrantes abriram pastelarias para se passarem por chineses, como uma forma de se livrarem do preconceito que sofriam por aqui na época da guerra. É por isso que algumas pessoas acreditam que foram os chineses os responsáveis pela criação do pastel no Brasil.

Há também relatos que levam a crer que o pastel frito, como conhecemos, é originário da Europa, onde massas recheadas eram assadas e recebiam o nome de “pastel”. Acredita-se, também, que a origem exata foi em Portugal, em 1680, onde se preparou o primeiro pastel de fato, uma receita de camarão envolto em massa fina e crocante, frito em óleo.

Pastel Assado
Foto: Marcio Monteiro/GRU Diário

A receita do pastel, após a sua inserção no Brasil, se espalhou rapidamente além dos limites do estado de São Paulo, sendo que, ainda na década de 1940, esse era um dos alimentos mais consumidos em todo o estado. Vendido tanto em feiras livres quanto nas tradicionais pastelarias, tornou-se um prato acessível tanto em relação à comercialização quanto ao preparo.

Hoje, é possível encontrar os mais diversos sabores de pastéis em nossa culinária, tanto doces como salgados, com recheios mais simples, como carne moída, queijo e frango, até recheios mais requintados, como camarão, queijos finos e peixes.

 E você, gosta de pastel? Qual é o seu sabor preferido? Frito ou assado?

Hoje a receita da coluna será  uma receita fácil, que só leva quatro ingredientes, o pastel assado.

Receita pastel assado:

Ingredientes

  • 300g farinha de trigo
  • Sal a gosto.
  • 2 colheres de sopa de margarina ou manteiga
  • 1 caixa de creme de leite.

Modo de fazer

Misture todos os ingredientes por mais ou menos 10 minutos.  A massa tem que ficar no ponto que não gruda na mão.

Enrole em um plástico filme, ou coloque em um recipiente com tampa, e deixe descansar por 10 minutos.

Abra a massa com ajuda de um rolo, ou uma garrafa.

Com um copo, corte em círculos.

Coloque o recheio de sua preferência.

Feche com um garfo, bem firme para que o recheio não vaze.

Coloque para assar  forno médio ou temperatura de 180graus por aproximadamente 15 minutos.

Dicas: se preferir, antes de assar,  pincele com um  ovo.

O creme de leite pode ser substituído por iogurte natural.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE