fbpx
PUBLICIDADE

Troca de malas: cinco guarulhenses são acusados de participar do esquema no aeroporto

Foto: Reprodução/redes sociais
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Uma mulher de 31 anos, também de Guarulhos, que recebeu as malas com droga no guichê é investigada 

O esquema de tráfico de drogas que envolve a troca de etiqueta de bagagens no Aeroporto Internacional de Guarulhos culminou na prisão de seis funcionários terceirizados pela Polícia Federal (PF), na última semana. Cinco deles com idades entre 21 e 30 anos são guarulhenses, segundo reportagem desta quinta-feira (13) do colunista Josmar Jozino, do UOL. 

De acordo com a coluna, a PF aponta que três suspeitos estão diretamente envolvidos na troca de malas por outras com cocaína de duas brasileiras que foram presas em Frankfurt, na Alemanha. Eles não tinham antecedentes criminais. A defesa do trio negou ao UOL a participação dos clientes no crime.

Além dos seis suspeitos presos, todos homens, uma mulher de 31 anos é acusada de ter recebido no balcão da companhia aérea as duas malas com cocaína que foram trocadas pelas bagagens das duas brasileiras. Ela também é moradora de Guarulhos e não foi presa.

Duas mulheres que chegaram de carro e levaram as duas malas com droga até o balcão anda não foram identificadas. Uma terceira mulher, também não identificada, está sendo investigada pela PF.

Os presos foram levados para o CDP 1 (Centro de Detenção Provisória) do Belém, na zona leste de SP.

As duas brasileiras vítimas do esquema foram soltas na última terça-feira (11). 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM