PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Aeroporto de Guarulhos é responsável por 41% da carga aérea importada no país

Foto: GRU Airport/Divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

No 1º semestre, Terminal de Cargas registrou crescimento de 55% em comparação com o mesmo período de 2020

O Terminal de Cargas (TECA), do Aeroporto Internacional de Guarulhos, durante os meses entre janeiro e junho deste ano, foi responsável por 41% do volume de carga importada via aérea no país, de acordo com a plataforma ComexStat, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio.


O Teca também foi responsável por ter exportado 68% das cargas aéreas que partiram do Brasil para abastecer outras regiões no mundo. O GRU Airport, concessionária responsável pelo aeroporto, destacou que o terminal continua sendo a porta de entrada para as cargas farmacêuticas, fechando esses seis meses com 60% do market share do segmento.

A concessionária também destacou que o terminal de cargas movimentou no primeiro semestre deste ano, 151.893 mil toneladas transportadas, representando um crescimento de 55% em relação ao mesmo do período do ano anterior.

Já a movimentação de passageiros fechou o semestre com 9,2 milhões. “Na comparação com o primeiro semestre do ano anterior, houve uma redução de 17,7% nas movimentações e, se comparado ao mesmo período de 2019, ano pré-pandemia, este recuo chegou a 54,9%”, informou em nota o GRU Airport.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM