fbpx
PUBLICIDADE

Will Smith é banido do Oscar por 10 anos após tapa em Chris Rock 

Foto: Reprodução/ABC
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Decisão não impede nomeação ao prêmio nem tira estatueta de melhor ator que ele ganhou em 2022

O ator Will Smith foi banido todos os eventos organizados pela Academia de Hollywood, incluindo o Oscar, por 10 anos. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (8). Smith não perderá a estatueta que ganhou neste ano.

“Eu aceito e respeito a decisão da Academia”, disse o ator em comunicado enviado a veículos de imprensa dos Estados Unidos.

Após o episódio, o ator já havia renunciado como membro da Academia. Smith era membro da Academia desde 2001.

“O Conselho decidiu, por um período de 10 anos a partir de 8 de abril de 2022, que o Sr. Smith não poderá participar de nenhum evento ou programa da Academia, pessoalmente ou virtualmente, incluindo, mas não limitado, o Oscar”, diz trecho do comunicado.

Entenda o caso

A  94ª cerimônia do Oscar, realizada em março, em Hollywood, foi marcada por uma agressão do ator Will Smith contra o comediante Chris Rock. Logo em seguida, ele venceu o prêmio de Melhor Ator por sua atuação em “King Richard: criando campeãs”.

Chris Rock fez uma piada sobre Pinkett Smith, que é a mulher de Will, por ela estar com a cabeça raspada. Ela sofre de alopecia, doença que gera calvície feminina.

Will se levantou, foi até Chris e deu um tapa forte no comediante. Na hora, as pessoas da plateia ficaram em dúvida se aquilo foi uma sequência da piada ou de fato uma agressão. Com rosto sério, o ator voltou ao seu lugar e gritou: “Deixe o nome da minha mulher fora da p* da sua boca”.

Quando foi anunciado como vencedor do Oscar, Will recebeu a estatueta, falou sobre a importância da família e pediu desculpas aos presentes.

(Com informações do G1)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM