fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Martello vai recuar sobre destituição de Ticiano na CCJ, afirma líder do Governo

Foto: Imprensa/CMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Comissão de Ética vai avaliar o caso

Em reunião às portas fechadas durante a suspensão da sessão desta segunda-feira (13), os vereadores da base governista pressionaram o presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT), que se comprometeu a recuar na destituição de Ticiano Americano como presidente da Comissão de Justiça e Redação. A informação é do líder do Governo, Gilvan Passos (PSD).

A destituição foi proferida, com o argumento que Ticiano descumpriu o artigo 118 do Regimento Interno, que determina que os pareceres das comissões devem ser emitidos em até 10 dias.

De acordo com Passos, a reclamação de Martello contra Ticiano será avaliada pela Comissão de Ética da Câmara. Ele disse que espera que os dois se acertem, até para não prejudicar o andamento da casa.

Martello e Ticiano travam disputa pela presidência da Câmara na gestão 2023/2024.

Martello conseguiu aprovar projetos para alterar o Regimento Interno da Casa de Leis e a Lei Orgânica do Município para autorizar a reeleição da Mesa Diretora, algo inédito na história do Legislativo. Ticiano, que quer sucedê-lo, não deu parecer nos projetos e argumenta que as propostas foram votadas e aprovadas com pareceres falsos.

Na última sexta-feira (10), Ticiano ingressou com representação criminal contra Martelo no Ministério Público do Estado de São Paulo, por falsidade ideológica e improbidade administrativa.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM