PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PMs denunciam “proibição” de combate ao tráfico de drogas no Jardim Presidente Dutra

Tráfico JD Pres Dutra
Foto: reprodução/SBT
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Em reportagem do SBT, PMs afirmaram que se desviarem da rota de patrulhamento determinada para o dia mesmo em ações contra o tráfico podem ser punidos

Policiais Militares denunciaram, em uma reportagem veiculada pelo canal de televisão SBT, que são proibidos, de forma velada, de combater o tráfico na Rua Maria Paula Mota, no Jardim Presidente Dutra.


De acordo com eles, embora as vias paralelas contenham diversos pontos de drogas, entre eles um campo de futebol em que o tráfico funciona na cara dura em plena luz do dia, se desviarem da rota estipulada pelo comando da Polícia Militar eles podem ser punidos pela corporação.

Em um dos depoimentos dados para os repórteres do SBT, um PM, que não quis se identificar, denuncia que há apenas um interesse de se ter uma “vitrine política” com viaturas cumprindo um itinerário padrão para dar uma falsa sensação de segurança aos moradores da região.

Os policiais denunciam ainda que os “olheiros” das bocas de fumo tiram sarro ao ver uma viatura, sempre de luzes acesas, e que começam a gritar “jacaré” para informar aos traficantes sobre a presença policial.

Em nota, o comando da polícia militar negou que exista qualquer ordem no sentido que impeça os policiais de agirem diante de crimes, dentre eles o tráfico de drogas que o comando do 31º Batalhão, em conjunto com a Corregedoria, realizam um processo de depuração interna para apurar desvios e que um policial militar foi preso na última semana.

“Se você se arriscar a cumprir aquele juramento que a gente fez, você vai ser mandado embora da polícia”, lamentou um PM.

Veja a reportagem do SBT na íntegra:

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM