fbpx
PUBLICIDADE

PF abre inquérito contra Ciro Gomes por suposto crime contra a honra de Bolsonaro

ciro gomes presidente
Foto: reprodução/redes sociais
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Abertura de inquérito foi solicitada pelo Ministro da Justiça a pedido de Bolsonaro

A Polícia Federal abriu um inquérito contra o pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) por um suposto crime contra a honra do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), por conta de uma entrevista à Rádio Tupinambá, em novembro do ano passado.

Na entrevista, Gomes disse que o baixo apoio do povo aos candidatos apoiados pelo presidente nas eleições municipais mostra o “repúdio ao bolsonarismo, à sua boçalidade, à sua incapacidade de administrar a economia do País e seu desrespeito à saúde pública”.

No mesmo vídeo, Ciro chama Bolsonaro de ladrão e cita a investigação sobre “rachadinhas” da família Bolsonaro.

O pedido de abertura de inquérito chegou à PF foi feito pelo ministro da Justiça, André Mendonça, a pedido de Bolsonaro.

Nas redes sociais, Ciro disse não se importar com a investigação, mas que considera grave a tentativa de Bolsonaro de intimidar opositores e adversários.

Na quinta-feira (18), a Justiça suspendeu uma investigação contra o youtuber Felipe Neto, que chamou Bolsonaro de genocida nas redes sociais.

Assim como Neto, Ciro ganhou apoio de diversos políticos e celebridades, que consideram antidemocrática a ação de Bolsonaro.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM