PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Ônibus bate em carro de idoso e empresa quer cobrar danos da vítima

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Motorista da Empresa de Ônibus Vila Galvão tentou ultrapassagem, pela direita, em curva

O pedreiro Manoel Rodrigues Lima, 68 anos, foi vítima de uma batida em seu veículo por um ônibus intermunicipal da Empresa Vila Galvão, na tarde de 18 de março, na avenida Timóteo Penteado, em Guarulhos. Além de ficar com o prejuízo do seu automóvel, ele foi surpreendido pela empresa ameaçar cobrá-lo pelos danos que ficaram no ônibus.

Manoel estava com o carro parado na frente do semáforo, na rua Vicente Melro. Ao ter permissão de passagem, ele fazia a curva sentido Timóteo Penteado. Contudo, o motorista do ônibus forçou uma ultrapassagem pela direita e na curva – duas atitudes proibidas pelo Código Brasileiro de Trânsito (CBT) –, o que culminou com a colisão.

Ninguém ficou ferido na batida, mas Manoel ligou para a Empresa de Ônibus Vila Galvão para cobrar o prejuízo. Foi informado de que deveria “buscar a Justiça”, já que a empresa não iria ressarci-lo. Quase um mês depois, recebeu comunicado da Vila Galvão com cobrança pelos danos no ônibus.

“O motorista do ônibus foi irresponsável. A empresa tem que arcar com o meu prejuízo. Quero resolver na Justiça esse problema”, afirmou Manoel. Ele tinha desistido de requerer seus direitos, mas ficou indignado ao receber cobrança da Vila Galvão.

Questionada, a Guarupass – consórcio que reúne as empresas de ônibus de Guarulhos – pediu três dias para responder a solicitação, mas, após o prazo, não se posicionou sobre o assunto.

PUBLICIDADE

Previous
Next

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Error: Embedded data could not be displayed.
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM