PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Motorista de aplicativo e dono de bar são ouvidos sobre sumiço de amigas de Guarulhos

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Julia na porta do flat esperando o carro de aplicativo. (Foto: Reprodução/Record TV)

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Vídeo apreendido pela polícia mostra Julia em um flat antes de ir ao bar onde sumiu com Claudia

A Polícia Civil ouviu nesta quinta-feira (10) o motorista de aplicativo que levou Julia Renata Garcia Rafael, de 26 anos, até um estacionamento em Paraisópolis, na zona sul da capital, e também o proprietário do bar Paraíso na Laje, identificado como Gledson Ferreira de Lima. 

O diretor do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa), Fábio Pinheiro, contou em entrevista ao jornal Cidade Alerta, na noite desta quinta-feira (10), que Lima chamou o carro de aplicativo para levar Julia de um flat, na capital paulista, até o estacionamento que fica perto do Paraíso na Laje. Quando chegou ao local, Lima levou apenas Julia de carro até o bar, que fica dentro da comunidade de Paraisópolis. 

 
Error: Embedded data could not be displayed.

Já no estabelecimento, ele disse que não viu as duas amigas juntas, mas um stories publicado por Julia na rede social mostra a amiga Claudia Cristina Pinto Menezes, 35 anos, ao lado dela, e mais duas mulheres estão com elas. 

O motorista de aplicativo contou em depoimento à polícia que não notou nenhum comportamento estranho em Julia. 

Os policiais ainda apreenderam imagens de câmeras de segurança de um flat, no centro da capital, que mostra Julia na recepção. O vídeo divulgado pelo Cidade Alerta, na noite de hoje, mostra Julia escolhendo o quarto onde ficaria. Em outro momento, a jovem está caminhando no saguão com uma mala e faz o cadastramento biométrico. Mais tarde, Julia deixa o local e entra em um carro.

Julia havia alugado o flat recentemente, mas continuava morando em seu apartamento, em Guarulhos, na região central. A polícia esteve no flat e apreendeu um celular que será periciado. Julia tinha dois aparelhos, um deles estava com ela quando desapareceu. 

Entenda o caso

Julia e Claudia sumiram na última quinta-feira (3), feriado de Corpus Christi, quando saíram para ir a uma festa em Paraisópolis, na zona sul da capital, em um bar chamado de Paraíso na Laje. 

Moradoras de Guarulhos, as duas não foram mais vistas pelos amigos e deixaram de responder as mensagens dos familiares que residem em Manaus, onde elas moravam anteriormente. 

A irmã de Julia, Déborah Maia, de 32 anos, contou ao GRU Diário que está sendo muito difícil o que a família está vivendo.

“A filha dela chora todo dia. Estamos todos aflitos por aqui, passando por momentos difíceis. A minha mãe viajou para São Paulo” disse.

Veja neste link a entrevista na íntegra: https://grudiario.com.br/familias-procuram-por-amigas-de-guarulhos-que-sumiram-apos-festa-em-paraisopolis/

Informações sobre as jovens

Quem tiver informações sobre o paradeiro das jovens pode entrar em contato com a polícia, no 190, no celular (92) 98135-6894 (Déborah) ou pelos telefones abaixo:

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Previous
Next