PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

IPEM fiscaliza venda de botijão de gás na Vila Galvão

IPEM
Foto: divulgação/IPEM-SP
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Duas empresas foram vistoriadas e nenhuma delas apresentou irregularidades

O Ipem -SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo) realizou uma operação de fiscalização a empresas envadoras e distribuidoras de botijões de gás de cozinha das quais duas estavam localizadas em Guarulhos, na Vila Galvão.


De acordo com o balanço da operação realizada no dia 16 deste mês, não foram encontradas irregularidades nos espaços fiscalizados em Guarulhos, caso da Ultragaz, na Rua Vicente Melro, 912, e de uma outra localizada na Rua Francisco Pereira, 132.

“Temos intensificado as operações especiais neste tipo de produto, o gás de cozinha, que também integra as fiscalizações diárias do instituto, pois, trata-se de um produto usado diariamente nos lares das famílias dos 645 municípios que compõem o Estado de São Paulo. Desta maneira, o Ipem-SP, enquanto órgão de defesa do consumidor, está presente e atuante no dia a dia da população para que tenha a garantia de que não está sendo lesada na quantidade do produto que está adquirindo. A presença do Ipem-SP é essa garantia”, explica o superintendente do Ipem-SP, Ricardo Gambaroni.

Além de Guarulhos e da capital, outras nove cidades foram alvo da fiscalização com 3.229 botijões de GLP, popularmente conhecidos como botijões de gás de cozinha, com 1% de reprovação, em 29 estabelecimentos entre envasadoras e distribuidoras, das marcas Consigaz, Liquigás, Nacional Gás Butano, Servgas, Supergasbrás e Ultragaz.  

O problema foi encontrado em botijões da marca Consigaz em Barueri, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, localizada a 26 km da capital. O maior erro encontrado foi num botijão analisado, que deveria ter peso de 13kg, e tinha 264 gramas a menos.

Dicas do Ipem-SP

– O consumidor pode conferir no próprio depósito, que é obrigado a ter a balança para conferência, o peso do botijão;

– O botijão, quando colocado na balança,  tem que ter 13kg mais o peso da tara que consta na alça do botijão;

– Confira se o botijão está lacrado;

– Caso confirme a irregularidade, não compre e denuncie à Ouvidoria do Ipem-SP, por meio do telefone 0800 013 05 22, das 8h às 17h, de segunda a sexta, ou por meio do e-mail ouvidoria@ipem.sp.gov.br

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM