Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Indicação a vice de Pietá gera disputa interna dentro do PT

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Elói Pietá
Ex-prefeito volta a ser o nome do PT para eleições municipais (Foto: Reprodução Facebook)
Error: Embedded data could not be displayed.

Grupo do deputado federal Alencar Santana indicou vereadora Genilda como vice; grupo do vereador Maurício Brinquinho e o próprio Elói Pietá querem indicação de partidos de coligação

A indicação pelo vice que irá compor a chapa do pré-candidato e ex-prefeito Elói Pietá à Prefeitura de Guarulhos pelo Partido dos Trabalhadores (PT) gerou uma disputa interna dentro do diretório municipal da legenda.

Quando o deputado federal Alencar Santana (PT-SP) abriu mão da disputa das prévias para que Pietá fosse candidato, foi firmado um acordo para que o vice viesse de um partido de uma possível coligação, exceto se não houvesse uma indicação ou um candidato que atendesse aos anseios do partido.

Atualmente, o Solidariedade propôs o nome de Adenilde Alves Rocha para compor a chapa com Elói e existe a possibilidade de a Rede também indicar um vice.

Mas ainda não há um consenso oficial dentro da legenda. Ao GRU Diário, Alencar confirmou que indicou o nome da vereadora e presidente municipal do PT Genilda Bernardes.

“Nosso grupo defende que o vice seja do PT, mas não exclui vice de fora. Vamos conversar sobre opções e ver qual melhor agrega à campanha do Elói para nos levar à vitória. Indicamos prioritariamente a Genilda, que ficou de decidir, se ela não for, indicaremos um ou uma jovem”, disse o deputado.

Já Elói Pietá manteve a posição de que o partido deve buscar um nome de dentro da coligação para compor sua chapa.

“Desde antes de eu ser indicado pelo PT para ser o candidato a prefeito sempre defendi publicamente que devíamos fazer uma frente ampla de partidos, líderes sindicais, lideranças de igrejas, lideranças de bairros, líderes empresariais, artistas e outras personalidades para fazer com a que a cidade supere a crise atual e volte a ter dinamismo e direção da Prefeitura. E para ter esta frente ampla evidentemente a vice deveria ser de outro partido. Como o PT me escolheu candidato sabendo desta posição clara minha, acredito que tudo dará certo e teremos consenso no Diretório do PT para esta questão e para então termos uma candidatura a vice de partido aliado”, disse o ex-prefeito.

A reportagem também questionou o vereador e presidente do Sincoverg Maurício Brinquinho, que afirmou que deverá manter seu grupo alinhado ao que foi acordado quando foi definida a pré-candidatura de Elói Pietá.

“O nosso grupo, que apoiou este acordo, e essa foi a posição do diretório que comanda o partido, nós vamos nos posicionar para que se cumpra este acordo e para que a vice ou o vice venha da frente formada pelo Elói. Só existiria a possibilidade de ser alguém que é do PT caso não houvesse um candidato indicado por um partido da frente. Como há a indicação de partidos e não há restrição da nossa, o nosso grupo vai apoiar a indicação da frente ampla”, disse Jonadabe, assessor de Brinquinho.

A disputa deve ser encerrada no domingo, 13, durante a convenção do partido no Internacional Eventos.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.