fbpx
PUBLICIDADE

Haddad promete fomentar crescimento da indústria no ABC paulista

Haddad e Márcio França em São Bernardo do Campo
Foto: Diogo Zacarias
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Petista falou da importância de rever a carga tributária e usar a produção científica para gerar empregos de qualidade

O candidato ao governo de São Paulo, Fernando Haddad (PT), realizou, nesta quinta-feira (29), caminhada em São Bernardo do Campo, quando detalhou propostas para a região do ABC. A reindustrialização é uma das pautas prioritárias do petista.

“Nossa primeira providência é rever a carga tributária, já que estamos perdendo muitas empresas para Minas Gerais e Mato Grosso do Sul em função dos equívocos cometidos com o aumento de impostos durante a pandemia. A outra coisa é colocar o produzido em São Paulo a serviço da reindustrialização”, avaliou.

Haddad também chamou de “oportunidade de ouro” a possibilidade de investir em novas tecnologias para a fabricação de veículos sustentáveis. “Nós podemos dar o exemplo para o mundo de como produzir motores sustentáveis e podemos ser referência Mundial. Vamos produzir aqui dentro o que pode ser um modelo dentro da nova indústria automotiva. É uma oportunidade de ouro que nós temos na mão para dar o exemplo para o mundo de como proceder em relação à crise climática, reindustrializando o estado, com isso trazendo empregos de qualidade para cá”.

Já durante discurso, o petista demonstrou indignação com a quantidade de lojas fechadas em uma das principais vias de comércio de São Bernardo, a rua Marechal Deodoro, e afirmou que, caso eleito, trabalhará para que o comércio reabra e novos empregos sejam gerados.

“A Marechal (Deodoro) é uma rua conhecida, como a 25 de março é conhecida em São Paulo, então nós não podemos perder a memória das coisas, porque as coisas vão se degradando e vamos nos acostumando. Não podemos nos acostumar com as lojas da Marechal fechadas”, finalizou Haddad.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM