fbpx
PUBLICIDADE

Guti recebe prêmio internacional por gestão na Educação

Guti recebe premiação
Foto: Divulgação/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Prefeito de Guarulhos foi o único paulista a ganhar a premiação

O prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), recebeu nesta segunda-feira (17) um prêmio internacional pela gestão de políticas públicas voltadas à Educação, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ele foi o único gestor do estado de São Paulo a ser agraciado pela premiação concedida pelo Imbrics (Fórum Internacional dos Municípios do Brics, grupo formado por países de mercado emergente do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

A fim de gerar fontes de inspiração, o fórum abre espaço para que gestores apresentem projetos que impactaram positivamente a sociedade e coloque-os à disposição para que sejam replicados em outras cidades e nos setores privados.

Em sua apresentação, Guti enalteceu os mais de 200 cursos gratuitos do Mais Futuro, um programa que atualmente oferece oportunidade para que 72 mil munícipes, divididos em 1,6 mil turmas, aprendam áreas diversificadas de esporte, línguas, lutas, gamificação, artes, jogos de tabuleiro e música.

O Estúdio 360 é um dos equipamentos disponibilizados pela iniciativa. Neste ano, seis salas de produções fonográficas com viés informativo, artístico e educacional foram inauguradas nos CEUs (Centros Unificados de Educação).

“Artistas, produtores musicais e de podcasts podem utilizar toda a estrutura composta por tecnologias e aparelhos modernos de gravação com o apoio de um técnico de som”, pontuou Guti.

O chefe do Executivo defende que os impactos da acessibilidade a equipamentos culturais, educacionais e esportivos vão muito além da recreação. De acordo com ele, o desenvolvimento criativo é um instrumento de transformação social e de qualidade de vida de crianças, jovens e adultos, que amplia horizontes, zela pela saúde física e mental, e gera o sentimento de conexão e cuidado entre o cidadão e o lugar que vive.

Em sua gestão, Guti entregou 14 unidades escolares da rede municipal e quatro CEUs. As obras deram fim às denominadas escolas de lata, substituídas por prédios novos com ampla área de lazer com espaço arborizado, sala de leitura, playground, quadras poliesportivas, entre outras melhorias para a população.

Outro projeto é o TIX Letramento, um teclado multifuncional com recursos inteligentes que auxiliam no desenvolvimento dos alunos com deficiência de forma lúdica e interativa. Também fazem parte do planejamento inclusivo as escolas-polo municipais para crianças surdas em classes bilíngues e bebês surdos nas creches. Além disso, o município conta atualmente com 300 agentes de apoio à inclusão.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM