fbpx
PUBLICIDADE

Guti quer dobrar vantagem de Bolsonaro contra Lula em Guarulhos no 2º turno

Guti e Bolsonaro
Foto: reprodução/Facebool
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Prefeito espera que vantagem salte de quase 20 mil para 40 mil votos no segundo turno

O prefeito Guti (PSD) afirmou ao GRU Diário que espera dobrar a vantagem numérica de votos que o presidente Jair Bolsonaro (PL) teve sobre o ex-presidente Lula (PT) no 1º turno das eleições entre os guarulhenses.

A declaração foi dada durante comício do atual presidente junto de Tarcísio de Freitas, que está no segundo turno contra Fernando Haddad (PT) na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes. O ato de apoio ocorreu no último sábado (22), no Internacional Eventos, na Vila Hermínia.

No primeiro turno da eleição presidencial, com 100% das urnas abertas, Bolsonaro bateu o ex-presidente Lula em Guarulhos por 45,46% (331.178) dos votos a 42,79% (311.756), uma diferença de 19.422 votos.

“A nossa meta para o Bolsonaro é dobrar a diferença para 40 mil votos aproximadamente. É o que a gente precisa fazer, é a nossa lição de casa, se Deus permitir, vamos melhorar isso”, afirmou Guti.

Guti afirmou que apoia a reeleição de Bolsonaro desde o começo do pleito e que pesquisas internas mostram que o atual presidente já virou o cenário contra o ex-presidente Lula.

Eleito com a bandeira do antipetismo, Guti mantém um discurso contrário ao PT.

“A gente sabe que o Bolsonaro protege a família, ele é totalmente contra a ideologia de gênero, ele quer uma liberdade econômica cada vez melhor, para garantir que os investimentos, que cada vez mais as pessoas queiram investir e empregar, para que as pessoas tenham seu salário digno. Totalmente contrário ao pensamento do PT que é o engessamento da máquina, fazer uma série de legislações e arcabouços para travar muitas coisas”, afirmou Guti.

Sobre Tarcísio de Freitas, Guti acredita que a vantagem do bolsonarista contra Haddad em Guarulhos, que tinha fechado em quase 10 mil votos, deve subir para aproximadamente 50 mil, visto que os votos de Rodrigo Garcia (PSDB), atual governador e terceiro colocado na corrida, devem migrar em grande parte para o ex-ministro da Infraestrutura.

Inicialmente, Guti apoio Garcia, mas com a derrota do tucano, o prefeito afirma que Freitas se comprometeu com as demandas da cidade e, por isso, conquistou o apoio do prefeito.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM