PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Guarulhos vence nas quartas, mas vê coronavírus paralisar a Superliga B

Foto: Divulgação
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Apesar de ter ganhado a primeira partida das quartas de final da Superliga B, na sexta-feira, 13, o Vedacit Vôlei Guarulhos terá uma pausa forçada nos próximos 15 dias, já que o torneio será interrompido por conta do coronavírus. A partida, contra o Lavras Vôlei, terminou em 3 sets a 2, em Minas Gerais.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com a Confederação Brasileira de Voleibol, em nota enviada aos clubes, a decisão de paralisar o torneio foi tomada em comum acordo com os técnicos das seleções brasileiras, representantes de clubes e atletas, além de autoridades da saúde. O documento foi enviado no sábado, 14.

Reuniram-se João Olyntho, um dos médicos das seleções, o presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Viveira Santiago (representando as equipes), o levantador Raphael Oliveira, presidente da Comissão de Atletas, e os técnicos Renan Dal Zotto e José Roberto Guimarães.

O jogo contra o Lavras já havia acontecido com portões fechados. Os guarulhenses saíram na frente, fechando o primeiro set com 25 a 22 no placar. No segundo e no terceiro sets, os mineiros encerraram ganhando por 25 a 23 e 25 a 19. No seguinte, 25 a 22 para os guarulhenses, que também ganharam o tie-break por 15 a 10.

O ponteiro Bruno Godoy foi eleito o melhor jogador da partida e recebeu o Troféu Viva Vôlei da CBV.

“Estou muito feliz com a premiação e queria dizer que sou muito grato pela torcida que, mesmo não estando presente hoje, a gente sabe que ficou vibrando por nós o tempo todo”, disse.

O segundo jogo das quartas de final seria no dia 20 de março, às 20h, no Ginásio da Ponte Grande. As semifinais estavam previstas para os dias 28 de março, 2 e 4 de abril e a grande final seria no dia 11 de abril.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE