fbpx
PUBLICIDADE

“É tempo de mudança!”: Geraldo Alckmin deixa PSDB após 33 anos no partido

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Ex-governador de SP anunciou nesta quarta-feira (15) sua desfiliação

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deixou o PSDB após 33 anos no partido. O anúncio da desfiliação foi feito nesta quarta-feira (15) por Alckmin pelas redes sociais. 

“É um novo tempo! É tempo de mudança! Nesses mais de 33 anos e meio de trajetória no PSDB procurei dar o melhor de mim. Um soldado sempre pronto para combater o bom combate com entusiasmo e lealdade. Agora, chegou a hora da despedida. Hora de traçar um novo caminho”, escreveu no Twitter. 

E continuou: “Jamais esqueci a lição do meu pai. Respeito às pessoas, lealdade aos princípios e firmeza de caráter. Só com esses valores é possível construir uma vida pública decente. 

Alckmin agradeceu os colegas de partido por estarem ao seu lado durante sua trajetória no PSDB. “Quero agradecer aos meus companheiros de jornada. Vocês foram muito importantes nessa travessia. Valeu cada obstáculo vencido, cada momento vivido, cada conquista feita”. 

No entanto, o ex-governador não anunciou para qual partido irá. “Em breve, anunciarei meus próximos passos. Um forte abraço a todos e meu muito obrigado!”, finalizou. 

O nome de Alckmin tem sido cogitado para ser o vice de Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições para presidente de 2022.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM