PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Disque Denúncia do Rio divulga foto do suspeito de matar Bianca Lourenço e oferece recompensa

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Dalton, de 31 anos, cometeu outros crimes, foi preso e está foragido desde 2016

O Disque Denúncia do Rio de Janeiro divulgou a foto de Dalton Luiz Vieira Santana, de 31 anos, e oferece recompensa de R$ 2 mil. Ele é ex-namorado de Bianca Lourenço, de 24 anos, e suspeito de matar a jovem. 

O corpo de Bianca foi encontrado mutilado na noite de terça-feira (12), na Praia do Fundão, na zona norte do Rio. 

Segundo o jornal Extra, Dalton, conhecido como “DT”, foi preso em junho de 2010, após participar de dois roubos na Ilha do Governador. Ele foi beneficiado com uma condicional em outubro de 2015 e deveria retornar em abril de 2016. Dalton nunca voltou ao presídio. Ele seria um dos chefes do tráfico na favela da Kelson’s, mesma região onde o corpo de Bianca foi encontrado.

Dalton ainda possui quatro mandados de prisão por tráfico de drogas e tentativa de roubo, sendo três preventivas e uma condenação.

Dalton Luiz Vieira Santana, de 31 anos, conhecido como “DT” (Foto: Reprodução)

Entenda o caso

O suspeito de assassinar Bianca é o ex-namorado, Dalton Vieira Santana, 31 anos, conhecido como “DT”, que não aceitava o término do relacionamento. A jovem sofria ameaças de Dalton e se mudou da Favela Kelson’s, na Zona Norte do Rio, para a casa do pai, que ficava em outro bairro. 

Após a repercussão do desaparecimento do caso nas redes sociais, a polícia começou a investigar o sumiço da jovem e afirmou que o traficante estava armado de fuzil quando invadiu a casa onde Bianca dormia, em 3 de janeiro, na Comunidade da Penha aos gritos: “Abre a porta ou eu vou arrombar”. Ele foi direto para o quarto, bateu com a coronha da arma na boca da jovem e a arrastou até um veículo Hyundai HB20 cinza, estacionado na porta do imóvel.

No dia seguinte, os moradores da comunidade começaram a falar que Bianca teve o rosto deformado por tiros, corpo mutilado e jogada no mar. A família e amigos já tratavam o sumiço da jovem como assassinato. 

Bianca Lourenço, de 24 anos, desapareceu em 3 de janeiro (Foto: Reprodução/redes sociais)

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE