PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Delegado de Guarulhos faz parte de comissão que investiga presidente da CBF

Foto Lucas Figueiredo/CBF
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Rogério Caboclo está afastado após denúncia de assédio sexual

O delegado Antônio Carlos Desgualdo, que atua em Guarulhos, é um dos membros da Comissão de Ética da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), que é responsável por investigar a denúncia de assédio sexual contra o presidente afastado da entidade, Rogério Caboclo.


Desgualdo foi um dos que puderam ouvir os áudios apresentados pela funcionária da CBF que acusa Caboclo. A comissão afastou Caboclo de suas funções por 30 dias, mas a expectativa é que ele seja desligado da confederação.

A relatoria do caso deve ficar com Gladys Regina Vieira Miranda, delegada aposentada da Polícia Federal e única mulher na comissão.

Caboclo nega as acusações, confirma que teve conversas inadequadas com a funcionária e prometeu provar sua inocência.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM