Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Defesa pede soltura de idosa presa em caso de briga de confeiteiras

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Error: Embedded data could not be displayed.

Idosa de 70 anos tem diabetes, pressão alta, tem ponte de safena e integra grupo de risco da covid-19

O advogado Wagner Schneider Bucheroni entrou com um pedido de Habeas Corpus da idosa Maria dos Santos Ferreira, de 70 anos, que confessou ter jogado ácido em Daiane Cristina Costa, 24 anos, por conta de uma discussão com a neta dela, Gisele Ferreira, de 22 anos.

“A minha primeira providência é tirar a idosa da cadeia, até hoje de tarde ela estava no primeiro DP de Guarulhos, ela tem que ter um acompanhamento médico porque ela tem diabetes, ela toma medicamentos, tem pressão alta”, disse o advogado.

O advogado ressaltou que recomendação do Conselho Nacional de Justiça, de número 62, recomenda se evitar ao máximo a prisão de pessoas idosas, até mesmo com recomendação de reavaliação das prisões provisórias.

Em conversa com o GRU Diário, Bucheroni falou que Maria não apresenta nenhum risco ao andamento do processo, já que por integrar o grupo de risco da covid-19 estava em isolamento em casa e deverá continuar se tiver a prisão revogada.

De acordo com o advogado, o pedido deve ser apreciado nas próximas 24 horas, mas durante este período pode ser que a idosa seja transferida para um centro de detenção provisória com ala feminina, caso de Mairiporã e Franco da Rocha.

Bucheroni afirmou ainda que também apresentará uma petição à juíza que deu a ordem de prisão em que informará as comorbidades da idosa, que não constam ainda no processo.

A neta de Maria, Gisele, que contratou Daiane para ajudá-la na confecção de bolos, e as duas jovens eram bem próximas, até alguns desentendimentos serem gerados.

Gisele não queria que Daiane utilizasse fotos de bolos feitos pelas duas como forma de divulgação do trabalho da amiga.

Na tarde de hoje, Gisele e sua mãe, Edileuza, prestaram depoimento no 4º Distrito Policial, mas ainda não foram divulgados detalhes sobre o que foi dito. Apesar de confirmar que jogou a soda cáustica em Daiane, a avó de Gisele disse que a amiga da neta tentou tirar da mão dela o copo que continha cândida, soda cáustica e água para limpeza de manchas em uma escada.

Daiane nega, e afirma que a idosa jogou o ácido nela de forma proposital.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.