PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Câmara de Guarulhos pode proibir correntes em animais domésticos

Geleia Protetor
Foto: reprodução/facebook/Câmara
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Multa pode chegar a R$ 2,1 mil

O vereador Geleia Protetor (PSDB) apresentou projeto de lei à Câmara Municipal que torna mais restrito o Código de Proteção e Bem-Estar Animal em Guarulhos. Pela proposta, os donos de animais domésticos não poderão mais utilizar correntes para prendê-los.

Hoje, a proibição é de correntes com menos de dois metros. Já no texto de Geleia, nenhuma corrente poderia ser utilizada.

Os tutores flagrados com animais acorrentados, caso o projeto seja aprovado, terão que pagar multa de até 300 UFG’s (Unidades Fiscais de Guarulhos), que poderia ser dobrada em caso de reincidência, o que daria o valor de R$ 2.138,58.

Na justificativa da proposta, Geleia argumenta que as correntes causam danos aos animais. “O ato de acorrentar o animal pode ocasionar problemas físicos, tais como lesões de pele, no pescoço e pelo corpo, além de problemas psicológicos”, explicou.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE