fbpx
PUBLICIDADE

Alunas do Colégio Moriah contam como foi o retorno às aulas presenciais

Foto: Wellington Alves
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Colégio Moriah autoriza 30% de ocupação das salas de aula, conforme Decreto Municipal e o Plano São Paulo

Apesar de não poderem mostrar os sorrisos nos rostos, por causa das máscaras, alunas do Colégio Moriah, da unidade Gopoúva, não escondem a alegria de retornar às aulas presenciais, após quase um ano de ensino remoto. O Colégio segue com o ensino híbrido, com 30% de ocupação nas salas, e segue os protocolos de biossegurança para um “Novo Normal, com perspectivas também para um “Novo Melhor”.

Aluna da 3ª série do Ensino Médio, Ingrid de Souza, 16 anos, vai prestar vestibular no final do ano. Para ela, a volta das aulas presenciais contribui para que se prepare melhor para esse desafio. “A única coisa que me incomoda é o uso da máscara, mas não tem jeito”, reconhece.

Ingrid elogiou o Colégio Moriah pela estrutura oferecida nas aulas virtuais, porém destaca que o ensino presencial é mais motivador. “Nunca tinha lidado com o ensino à distância, mas consegui me dar bem pelo meu esforço”, diz.

Isadora Lima, 15, cursa a 2ª série do Ensino Médio. Ela ainda não sabe qual curso superior irá prestar no próximo ano, mas deseja fazer o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2021 como treineira. Para ela, o retorno presencial possibilita maior foco nos estudos. “Em casa, temos muitas distrações. Agora, temos o professor para tirar as dúvidas na hora”, conta.

Quando houve liberação das aulas presenciais, os pais de Isadora perguntaram se ela desejava voltar neste momento. A adolescente não teve dúvidas. “Eu disse que queria voltar. Eles me apoiaram e sabem que vou me cuidar, que vou seguir os protocolos”, afirma.

Já Giovanna Lima, 12, que cursa o 8º ano do Ensino Fundamental, diz que se sente segura já que a escola exige aos estudantes o cumprimento dos protocolos de biossegurança. Ela reconhece que prefere as aulas presenciais, mas garante que conseguiu se adaptar bem com o ensino híbrido (remoto e presencial). “Com o tempo vamos voltando mais dias de forma presencial.”

O Colégio Moriah possui as unidades Gopoúva e Picanço em Guarulhos e atende alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Os educadores Marcelo Rafael e Erika Tonetti, fundadores do Moriah, afirmam: “Agora, revestidos de energia, harmonia, solidariedade e muita garra, vamos continuar. A Educação não parou e não vai parar”.  

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM