PUBLICIDADE

Abner Vidal quer OAB mais atuante nos bairros de Guarulhos

Foto: Divulgação
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram

PUBLICIDADE

Confira entrevista com o candidato da chapa 1 à OAB Guarulhos

Tesoureiro da OAB-Guarulhos (Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Guarulhos), o advogado Abner Vidal é o candidato da situação para comandar a entidade e conta com o apoio do atual presidente da entidade, Eduardo Ferrari.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Casado com Camila Vidal e pai de Luiza, de cinco anos, Abner encabeça a Chapa 1 “OAB + Evolução”. No caso da Seccional paulista, ele apoia Patrícia Vanzolini

Abner quer uma gestão com maior descentralização da entidade, o que possibilitaria melhor atuação nos bairros. O candidato defende a implementação de ferramentas tecnológicas para aprimorar as condições de trabalho dos advogados, além da defesa das prerrogativas profissionais. Ele pretende também rediscutir a anuidade da entidade.

O GRU Diário publica nesta semana entrevistas com os candidatos à OAB Guarulhos, com os mesmos questionamentos. Além de Vidal hoje, a conversa com Edson Belo saiu ontem (22). Amanhã serão publicadas as respostas de Alexandre Parra. A eleição ocorre nesta quinta-feira (25), das 9h às 17h, na UNG Centro.

Confira a entrevista:

Qual é o principal desafio para a OAB-Guarulhos?

Abner Vidal – A OAB tem que ser mais combustível e menos freio. Guarulhos é uma das maiores cidades do Estado e do Brasil. A OAB Guarulhos, além de ser uma das maiores da Grande São Paulo, tem grande relevância no plano nacional. A OAB precisa estar onde os advogados estão, sempre pautada em ações para promover a descentralização da entidade, maior atuação nos bairros, pluralidade e representatividade. Precisamos investir em ferramentas tecnológicas para contribuir com o aperfeiçoamento da advocacia guarulhense. Nosso maior desafio é conectar a OAB ainda mais com a advocacia, garantindo que a entidade seja o fio condutor para que o advogado tenha melhores condições de trabalho, honorários e respeito.

Há décadas se discute a importância de uma sede própria para a entidade. O que fazer para fazer essa proposta sair do papel?

Abner Vidal – Não há dúvidas que a OAB Guarulhos necessita de uma sede melhor, mais acessível, confortável e que atenda a grandeza da advocacia guarulhense, afinal somos mais de 6,6 mil advogados inscritos. Mas, temos que ter em mente que a sede da OAB precisa estar próxima do sistema de Justiça da cidade, ou seja, dos fóruns. Penso que para concretizar este antigo sonho precisamos de uma mobilização da advocacia e um diálogo honesto, inteligente e franco com a OAB São Paulo. A OAB de Guarulhos é gigante e não pode, e nem deve, pedir favor. Precisamos colocar na mesa o tamanho da nossa advocacia e empreender os esforços necessários para debater essa questão.

A pandemia trouxe muitas dificuldades para várias categorias, inclusive a advocacia. Como dar suporte aos profissionais com dificuldade financeira?

Abner Vidal – A pandemia, infelizmente, afetou todos os setores da economia e a advocacia sofreu com essa fase sombria da nossa história. Precisamos promover ações concretas para valorizar a advocacia de Guarulhos, do autônomo ao grande escritório. A OAB precisa se conectar com o novo mercado e as novas tecnologias, sendo verdadeiro fio condutor para que possamos apresentar à advocacia novos meios de prospecção, ferramentas e formas de crescimento. É preciso ter visão de futuro, investir em qualificação e em melhores condições de trabalho para a advocacia. O advogado, em nossa gestão, terá melhorias em sua carreira, com visão empreendedora e sem deixar de lado a boa técnica e a cultura jurídica.

Como a OAB deve atuar na defesa das prerrogativas advocatícias?

Abner Vidal – A Comissão de Prerrogativas de Guarulhos é referência para o Estado. A OAB deve atuar com inteligência e de forma assertiva utilizando a tecnologia para medir, mapear e atuar de forma intransigente contra os desrespeitos às prerrogativas. Implantaremos a OAB MEDE, que é justamente utilizar a jurimetria para esse tipo de mapeamento. Além disso, temos que representar autoridades em seus respectivos órgãos de classe, inclusive o CNJ, se necessário. Vamos formar novas lideranças e qualificar a advocacia com a implementação do Curso Permanente de Prerrogativas, além de fazer gestão nas Faculdades e Universidades para a criação de cursos de extensão de prerrogativas.

Historicamente, a OAB se destaca por atuar em causas em prol da sociedade. Quais assuntos devem ser prioridades, neste aspecto, em sua gestão?

Abner Vidal – A OAB é a voz constitucional dos cidadãos, sendo uma das instituições mais respeitadas do nosso país, e assim, continuará. A OAB dever ser absolutamente independente e apartidária. Não se presta à oposição ou situação de qualquer sistema político, seja ele governamental, judicial ou outro. Deve agir de forma isenta, com absoluta autonomia e dentro da legalidade. Deve também cobrar políticas públicas que direcione ao bem-estar social, engajamento e promoção na luta antirracista, combate à violência doméstica, igualdade de gênero, tráfico de pessoas, entre outros exemplos de defesa de direitos humanos que devem ser discutidos no âmbito da OAB. 

De que forma encara a discussão sobre a redução da anuidade da entidade?

Abner Vidal – A competência para decidir sobre a redução de anuidade é da OAB da Seccional São Paulo, mas Guarulhos – sendo uma das maiores subseções do Estado – deve sim debater e influenciar na discussão do tema. Precisamos de uma gestão eficiente com vistas a discutir a questão da anuidade de forma que caiba no bolso de todo e qualquer profissional do Direito. Uma forma de reduzir a anuidade é pensar em uma gestão eficiente de recursos, cortar despesas desnecessárias e investir em equipamentos de qualidade para a advocacia, o que temos feito há anos em nossa subseção.

O que os guarulhenses podem esperar da OAB, nos próximos três anos, caso seja eleito?

Abner Vidal – Muito trabalho, diálogo e respeito, além de fortalecimento das prerrogativas. Vamos continuar trabalhando para melhorar o mercado de trabalho e carreira da advocacia guarulhense. Em nossas propostas destacamos os seguintes projetos: prerrogativas na palma da mão – app; incubadora de escritórios; OAB MEDE Jurimetria; programa de apoio tecnológico à advocacia – suporte para PJE, E-SAJ, PDF e gêneros – e capacitação da advocacia sênior; capacitação de profissionais para escritórios de advocacia – recepcionistas, secretárias e gêneros – e  dos estagiários de Direito; oficinas abordando formas de gestão de escritórios – precificação, marketing, finanças, prospecção e formatos de negócio.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Share on whatsapp
Share on telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE