Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Wilson Witzel é afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Wilson Witzel
Foto: Reprodução/Facebook
Error: Embedded data could not be displayed.

Prisão de Witzel, solicitada pela PGR, foi negada pelo STJ

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi afastado do cargo nesta sexta-feira, 28, por suspeita de liderar um esquema criminoso que envolvia empresários e agentes públicos e teria loteado o poder de três pastas estaduais.

A decisão é do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que acatou o pedido de afastamento, mas negou a prisão solicitada pela Procuradoria-Geral da República.

O juiz determinou que Witzel fique 180 dias fora do cargo e proíbe a permanência ou visita do então governador as dependências do governo do Estado ou de fazer contato com funcionários.

Também são alvos de busca o vice-governador, Cláudio Castro (PSC), mas ele ainda assume o cargo de Witzel, e o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Janeiro, André Ceciliano (PT).

A operação para realizar o afastamento de Witzel é realizada pela Polícia Federal e foi denominada Tris In Idem, por se tratar do terceiro governador do Rio de Janeiro a cometer ilícitos.

A primeira-dama Helena Witzel também é alvo de busca e apreensão. Ao todo, são cumpridos 17 mandados de prisão, (6 são preventivas e 11 temporárias) e 84 de busca e apreensão.

Witzel também é alvo de um processo de impeachment pela Alerj.

Error: Embedded data could not be displayed.
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também...

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.