fbpx
PUBLICIDADE

Ex-candidato à Presidência em 2014, Pastor Everaldo é preso no Rio de Janeiro

Pastor Everaldo
Foto: reprodução/redes sociais/pastor everaldo
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Pastor e presidente do PSC, Everaldo é suspeito de integrar grupo criminoso liderado pelo governador Wilson Witzel

Candidato derrotado à Presidência da República em 2014, o pastor Everaldo, presidente nacional do PSC, foi preso na manhã desta sexta-feira, 28, na operação Tris In Idem, da Polícia Federal.

A operação deflagrada a mando do Superior Tribunal de Justiça cumpre mandados de busca e apreensão e prisão sob suspeitos de participarem de uma organização criminosa que envolvia a participação de empresários na corrupção de agentes públicos em pelo menos três secretarias do Rio de Janeiro.

Na mesma operação, o governador Wilson Witzel (PSC) foi afastado do cargo por 180 dias sob a suspeita de ser o líder da organização.

Em nota emitida à imprensa, a defesa de Everaldo afirmou que “o pastor sempre esteve à disposição de todas as autoridades e reitera sua confiança na Justiça”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM