PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Vídeo: Guti nega aplicação de vacinas vencidas em Guarulhos

Foto: Reprodução/Facebook/Guti
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Prefeito diz que houve erro no sistema

Em live nas redes sociais, o prefeito de Guarulhos, Guti (PSD), nesta sexta-feira (2), negou que tenham sido aplicadas vacinas da AstraZeneca vencidas para a população guarulhense, conforme denúncia da Folha de S. Paulo.


De acordo com o jornal paulistano, 26 mil brasileiros receberam imunizantes vencidos, entre os quais, 116 em Guarulhos. Guti informou números diferentes. Ele disse que, de fato, 96 vacinas constavam em sistema aplicação fora do prazo de validade. Entretanto, ele disse que 86 foram para médicos e enfermeiros de um hospital particular – no caso, o Next -, e 10 em postos de saúde.

Das 10 vacinas disponibilizadas em UBS (Unidades Básicas de Saúde) à população, Guti garante que todas foram aplicadas no prazo correto e que foram apenas atualizadas com atraso no sistema de vacinação. Ele disse que os imunizantes foram enviados aos postos nos prazos corretos.

Ainda não há informações se as pessoas que receberam AstraZeneca no Next também tiveram atraso na atualização do sistema.

A Prefeitura de Guarulhos, em seguida, emitiu uma nota oficial:

A Prefeitura de Guarulhos esclarece que não aplicou doses de vacina vencidas da AstraZeneca. Dos lotes veiculados pelas mídias, o município recebeu apenas o de número 4120Z005, em 26/01/2021, com data de validade em 14/04/2021, sendo que as vacinas foram distribuídas prontamente aos serviços de saúde para serem administradas em seus trabalhadores. Portanto, a aplicação das doses em tempo hábil estava sob a responsabilidade das instituições contempladas.

Em consulta ao relatório exportado do sistema Vacivida nesta sexta-feira (02), a Secretaria de Saúde identificou 96 registros desse lote com data de aplicação posterior à data do vencimento. Destes, 86 registros são de uma instituição privada do município, que já foi notificada pela Secretaria da Saúde para esclarecimentos. Os outros 10 registros foram erros de digitação no que se refere à data de aplicação, os quais serão corrigidos.

Por fim, informa que os demais lotes citados no levantamento não foram recebidos pelo município de Guarulhos e que em nenhum momento o Departamento de Vigilância em Saúde da cidade recebeu ou distribuiu vacinas vencidas aos estabelecimentos de saúde.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM