fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Usuários de contas digitais podem quitar IPVA por aplicativo

Foto: Unsplash/Obi Onyeador
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Estado privilegia pagamento por intermédio de bancos tradicionais

Considerando a revolução digital que soluções como o PIX e bancos digitais realizaram no Brasil no último ano, o aplicativo Gringo propõe se unir a esse movimento e simplificar o pagamento de serviços relacionados a automóveis, como quitar multas e pagar o IPVA. Dos 3 milhões de motoristas que usaram o app em 2021, mais de 60% escolheram o Pix ou o cartão como meio de pagamento dentro da plataforma.

Atualmente, o pagamento do IPVA só fica disponível nos aplicativos de bancos tradicionais, prejudicando os milhares de brasileiros que utilizam bancos digitais e buscam praticidade. Por isso, a startup Gringo traz uma alternativa para esse público. Por meio do app Gringo, que faz o monitoramente e gerenciamento dos débitos do veículo, é possível pagar os impostos via bancos digitais, parcelando em até 12 vezes.

Em 2022, o IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) deve subir consideravelmente em relação a 2021. Isso ocorre porque os valores do IPVA são definidos com base no preço de tabela do carro no mês de setembro do ano anterior e, em 2021, o valor do carro zero quilômetro no Brasil subiu, em média, 25% e a valorização entre os usados foi ainda maior, cerca de 30%. O aumento se dá pela crise sanitária que provoca a falta de insumos para a produção de carros zero quilômetro no país, aumentando a valorização pelos veículos usados.

Como uma alternativa para se ajustar a essas mudanças, o app Gringo ajuda o motorista a escolher uma opção financeiramente mais adequada a sua necessidade: cartão de crédito em até 12 parcelas, inclusive para contas digitais, boleto bancário ou PIX, além da opção de escolher pagar um débito de cada vez.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM