PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ucrânia vai investigar incidente que tirou cargueiro Antonov da pista no aeroporto

antonov
Foto: divulgação
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Segundo maior cargueiro saiu da pista em Guarulhos durante pouso no dia 11 de maio. Ninguém ficou ferido

O Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aéreos) repassou ao NBAAI (Escritório de Investigação de Acidentes Aéreos) da Ucrânia a investigação do incidente que tirou o segundo maior cargueiro do mundo, o Antonov AN124, da pista do Aeroporto Internacional de Guarulhos, Cumbica, no dia 11 de maio.


No dia do ocorrido, considerando um incidente grave, 19 pessoas estavam a bordo, mas ninguém se feriu.

A informação foi dada em primeira mão pelo site Aeroin (clique aqui para ler a matéria) e consta em documento publicado no site da NBAAI (clique aqui para ver o documento original) sobre segurança de voos na última sexta-feira (18).

O custo para investigação deste tipo de incidente, embora ninguém tenha se ferido, é alto, e como o Antonov não é uma aeronave produzida no Brasil é mais fácil para os peritos ucranianos fazerem tal avaliação.

“Durante o voo cargueiro ADB-3829 na rota Paramaribo (Suriname) – São Paulo (Brasil), o avião An-124-100M UR-82007, operado pela “Antonov”, após pousar na pista 09L teve uma rolagem de seu trem de pouso dianteiro a 3 metros para fora do pavimento e, como resultado da excursão de pista, a aeronave não foi danificada, e todas as pessoas a bordo não ficaram feridas. A investigação do incidente grave foi delegada à NBAAI pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes de Aviação (CENIPA) do Brasil”, diz o documento oficial.

Após o susto o avião deixou Guarulhos sem nenhum outro problema, como foi visto em vídeo registrado pelo canal SBRG (Clique aqui para ser redirecionado ao vídeo).

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM