PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Tony Auad: Ofensa descabida de Sikêra Jr. a homossexuais causa prejuízo à RedeTV!

Foto: Reprodução/redes sociais
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Apresentador chamou homossexuais de “raça desgraçada” durante seu programa

Tony Auad
Foto: Divulgação

Hoje inicio a minha coluna comentando as besteiras que o apresentador Sikêra Jr., da RedeTV!, proferiu quando chamou os homossexuais de “raça desgraçada” e trouxe consequências para sua emissora.


Essa atitude está rendendo um prejuízo muito grande para a emissora no qual o intervalo comercial do Alerta Nacional, apresentado por ele, foi reduzido em 57% por falta de empresas para patrocinar o programa.

Diariamente o programa costuma ter intervalo de 4 minutos de duração. Mas, na edição da última quinta-feira, o break foi reduzido para 1 minuto e 45 segundos, perdendo mais da metade do tempo dedicado à propaganda de produtos.

Para tentar reverter a catástrofe provocada pelo apresentador, que na última sexta-feira (25) teve uma atitude homofóbica, a RedeTV! passou a veicular vídeos institucionais do Alerta Nacional.
Somente no A Tarde é Sua, apresentado por Sônia Abrão, dona da maior audiência da emissora, foram veiculados os comerciais do programa do Sikêra Jr. nos intervalos.

Por outro lado, a RedeTV! não se manifestou sobre a redução de 57% dos comerciais no break do Alerta Nacional e muito menos qual a medida que será tomada para resgatar a imagem da emissora após o escândalo.

Uma grande campanha foi feita pelas redes sociais para que os patrocinadores do programa do Sikêra Jr. saíssem do ar e foi o que aconteceu. Empresas como Caixa Econômica Federal, Seara, Tim, Sorridente, entre outros deixaram de anunciar no programa.

Após o grande prejuízo, a RedeTV! se posicionou somente no dia 30, cinco dias após as ofensas homofóbicas de Sikêra Jr. A emissora simplesmente afirmou ser contra tal atitude e que o compromisso com LGBTQIA+ faz parte dos valores editoriais da emissora.

Mas para a coluna, a descabida atitude do apresentador foi muito infeliz, pois temos que respeitar a diversidade sexual e não compartilhamos de qualquer discriminação de cor, raça, gênero ou religião – até porque o direito de ir e vir faz parte da constituição.



Frase Final:  O direito de ir e vir, faz parte da Constituição. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM