PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

Tiros, bombas e reféns: Criciúma (SC) vive noite de terror na madrugada desta terça (1)

Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Foto: Reprodução/redes sociais

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.

Em ação cinematográfica, quadrilha com cerca de 30 pessoas assalta agências bancárias e foge

Moradores de Criciúma, em Santa Catarina, viveram uma madrugada de terror, nesta terça-feira (1), após uma quadrilha com cerca de 30 pessoas encapuzadas invadir as ruas para assaltar a agência do Banco do Brasil.

Foram registradas, até o fechamento desta reportagem, um policial militar em estado grave.

Quatro pessoas foram presas com cerca de R$ 1 milhão, mas ainda não foi comprovada a participação delas no crime. A suspeita é de que elas tenham pegaram o dinheiro que estava no chão, deixados pelos bandidos durante a fuga. 

Os criminosos provocaram incêndios para bloquear as ruas e dificultar o acesso da polícia. Moradores foram feitos reféns e usados como escudos pela quadrilha na troca de tiros com policiais. 

Moradores foram feitos reféns e usados como escudo humano (Foto: Reprodução/redes sociais)

O grupo estava fortemente armado e usaram ao menos 10 veículos que foram encontrados numa plantação de milho.  

A ação teve início ainda na segunda-feira (1), por volta das 23h50, com barulhos de tiros ouvidos por moradores do bairro Michel. O grupo invadiu uma agência do Banco do Brasil onde foram colocados explosivos no local. A ação durou quase duas horas. 

O grupo portava munições de diferentes calibres, explosivos e coletes balísticos, e ainda atacou o prédio da batalhão da Polícia Militar.

Em entrevista à CNN Brasil, o  chefe da Central de Emergência, Major Eduardo Moreno, disse que a violência teve início com a ação de uma quadrilha especializada em assaltos a bancos, que invade cidades, realiza roubos simultâneos e ataca postos policiais.

Repercussão nas redes sociais 

Vídeos do ataque criminoso foram compartilhados por moradores nas redes sociais e mostram integrantes da quadrilha armados nas ruas da cidade e barulhos de tiros. O público fez comparações do assalto com a série “La Casa de Papel”, da Netflix, que conta a história de um grupo formado para assaltar a Casa da Moeda da Espanha.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, pediu aos moradores que fiquem em casa e tomem cuidado em vídeo publicado no Twitter. “Acompanhando com muita preocupação esse assalto na cidade de Criciúma. Mantenha todos os cuidados e continue protegido em sua casa. Não saia de casa”, disse o prefeito.

Atualização em 2/12/2020 – 9h29.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE

Error: Embedded data could not be displayed.

PUBLICIDADE