PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Thiago Braz é bronze e consegue segunda medalha olímpica no salto com vara

Foto: Gaspar Nóbrega/COB
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Campeão em 2016, saltador ficou em terceiro, mas manteve recorde olímpico

Thiago Braz voltou a alegrar os brasileiros nesta terça-feira (3). Campeão dos Jogos Olímpicos em 2016 no salto com vara, ele fez uma boa prova hoje e garantiu a medalha de bronze em Tóquio.

Em uma final difícil, ele conseguiu ultrapassar a barreira de 5m87. Depois, falhou em três tentativas na marca de 5,92m mas fez o suficiente para ficar na terceira posição.

O ouro ficou com o sueco Armand Duplantis, com 6m02, enquanto a prata foi do norte-americano Cristopher Nilsen, que alcançou a marca de 5m97.

Thiago Braz teve mantido o recorde olímpico de 6m03, conquistado no Rio de Janeiro. Isso porque Duplantis, que é recordista mundial com 6m18, tentou saltar direto para 6m19, mas falhou nas três tentativas.

“Eu estou muito grato por estar voltando a pegar pódio, por dar 100% de mim na prova, ver que as coisas podem acontecer. Hoje por um erro muito bobo acabei não saltando 5m92, me fez perder a prata, mas acontece”, disse o brasileiro, ao SporTV.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE