fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sindicato de motoristas de ônibus reafirma risco de greve na cidade na segunda (21)

ônibus no Centro
Foto: Eurico Cruz
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Categoria cobra reajuste salarial para repor inflação dos anos de 2020 e 2021

O Sincoverg, sindicato que representa os motoristas e cobradores de ônibus de Guarulhos reafirmou, em comunicado emitido para a categoria nesta sexta-feira (18), uma possível paralisação no serviço do transporte coletivo na segunda-feira (21) caso sua reivindicação salarial não seja atendida.

A categoria está em estado de greve desde o dia 8 de junho, quando assembleias foram realizadas nas garagens de ônibus. O movimento, apesar de também ter efeito local, é coordenado pelos sindicatos em todo o Estado de São Paulo e mais cidades podem ser alvo de paralisações.

Em Guarulhos, os trabalhadores querem o reajuste de 2,44% referente ao índice de inflação do ano passado, quando não houve reposição, e mais 7,59% deste ano. De acordo com o vereador Maurício Brinquinho (PT), presidente do Sincoverg, não há uma cobrança por um aumento real.

Ao GRU Diário, Brinquinho já havia afirmado que o principal problema é falta de capacidade de negociação das empresas de ônibus, que até agora não sentaram para conversar sobre o tema com o sindicato.

Em nota, a Prefeitura afirmou que possui um plano emergencial para caso a greve se concretize. A Guarupass não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Veja o comunicado do Sincoverg:

Comunicado motoristas
Foto: divulgação

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM