fbpx
PUBLICIDADE

Sindicato convoca trabalhadores para ato contra demissões em massa da Proguaru

Foto: Divulgação/Stap
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Manifestação ocorrerá na segunda-feira (13), no Paço Municipal

O Stap (Sindicado dos Servidores de Guarulhos) realizará na segunda-feira (13) um ato contra as demissões em massa da Proguaru. O presidente do sindicato, Pedro Zanotti Filho, usou as redes sociais para convocar os trabalhadores a irem ao Paço Municipal, no Bom Clima, às 16h . 

“Todo o nosso repúdio às demissões em massa nesse momento, em pleno final de ano. Não é chamar todo mundo, dar carta de demissão”, disse. 

Pedro lamentou a morte de José Benedito Pinto, de 70 anos, que passou mal e morreu na fila de demissão, na manhã de sexta-feira (10), no CEU Continental. Os trabalhadores foram convocados pela gestão municipal a irem até o local para assinarem a rescisão em decorrência do processo de extinção da empresa. O Stap esteve no CEU Continental e orientou os trabalhadores a não assinarem a demissão.

A Proguaru não confirmou quantos funcionários estiveram ontem no CEU Continental e disse que o local tem capacidade para receber 400 pessoas por dia.

O sindicato ingressou com duas novas ações junto ao TRT (Tribunal Regional do Trabalho). A primeira pleiteia o cumprimento de sentença provisória de dissídio coletivo, que assegura estabilidade dos empregados até 6 de janeiro. Já a segunda pede que seja interrompida a demissão em massa, que os funcionários dispensados sejam reintegrados e ainda que haja ressarcimento integral dos salários.


“Também na Justiça do Trabalho, [a segunda ação pede para] abster-se de realizar a dispensa coletiva, sem prévia negociação com os sindicatos representativos, garantindo-se a continuidade dos contratos de trabalho e salários”, explica o coordenador do Jurídico do Sindicato, Marcelo Mendes de Campos Pereira. 

O sindicato afirma que buscará indenizações por danos individuais e coletivos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM