PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Sabesp corrige cobrança abusiva na conta de água por falha em hidrômetro

Foto: Fernanda Carvalho/Fotos Públicas
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Quando o Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) fazia a gestão do saneamento básico em Guarulhos, Antônio Carlos, morador do Jardim Tranquilidade, pagava cerca de R$ 180 por mês de conta de água. Neste ano, o preço subiu para R$ 500. Após idas e vindas, a Sabesp resolveu a situação após contato do Portal GRU Diário.


Carlos contratou uma empresa, que verificou que o hidrômetro de sua residência estava com defeito. Ele diz que ligou para a Sabesp e foi informado, por uma atendente, que deveria procurar a pessoa que instalou o hidrômetro, mas essa instalação foi feita há mais de 20 anos.

O morador tem quatro protocolos de reclamação na Sabesp, desde fevereiro. Em 24 de março, ele recebeu a informação de que a troca do hidrômetro seria efetuada “em breve”. Até o início da semana, o serviço não foi feito e ele, com uma família pequena, tem pagado conta de água com valor exorbitante.

O GRU Diário questionou a Sabesp sobre o caso na segunda-feira (20). No dia seguinte, feriado de Tirantes (21), a companhia entrou em contato com Carlos. Na quarta-feira (22), a Sabesp enviou uma equipe à residência e efetuou a troca do hidrômetro e do registro.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS

PUBLICIDADE

VEJA TAMBÉM