PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Bolsonaro reclamou que PF de Moro se preocupou mais com Marielle Franco

Foto: Reprodução/Facebook
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Em pronunciamento no Palácio do Planalto, em Brasília, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, se preocupava demais com o seu ego, nesta sexta-feira (24). Ele falou que a Polícia Federal (PF) se preocupou mais com a morte de Marielle Franco do que a tentativa de assassinato que sofreu em 2018.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Bolsonaro demitiu o diretor da PF, Maurício Valeixo, que era homem de confiança de Moro. Segundo o presidente, o ex-ministro disse que aceitaria a substituição apenas em novembro, quando ele fosse indicado para o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal.

Novamente, Bolsonaro insistiu que é perseguido pela imprensa brasileira. Ele fez várias críticas às investigações da PF que envolveram seus familiares.

Sobre a acusação de Moro de que Bolsonaro queria relatórios de inteligência, o presidente justificou que tem o direito de saber sobre as ações que são realizadas em seu governo. “Nunca pedi para blindar ninguém da minha família”, diz.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE