fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Rússia admite morte de 498 soldados; Ucrânia diz que são 7 mil baixas russas

vladimir putin - Rússia
Foto: Reprodução
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Foi a primeira vez que Moscou divulgou baixas no confronto

O Ministério da Defesa da Rússia disse hoje (2) que 498 soldados russos foram mortos na Ucrânia e mais 1.597 ficaram feridos desde o início da operação militar de Moscou no país vizinho, informou a agência de notícias russa RIA. Esta foi a primeira vez que Moscou divulgou suas baixas no confronto.

O ministério também disse que mais de 2.870 soldados e “nacionalistas” ucranianos foram mortos, e que cerca de 3.700 estavam feridos, de acordo com outra agência de notícias, a Interfax.

Ucrânia

O assessor militar da presidência ucraniana, Oleksiy Arestovich, apresentou um número diferente de mortos russos durante a guerra em um briefing televisionado.  Arestovich disse que mais de 7 mil militares russos foram mortos desde o início da invasão russa à Ucrânia, e centenas foram feitos prisioneiros, incluindo oficiais superiores.

(Texto da Agência Brasil com informações da Reuters)

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM