fbpx
PUBLICIDADE

Rodrigo Garcia promete criar cartão Bom Prato, no valor de R$ 300

Rodrigo Garcia no Bom Prato
Foto: Divulgação
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Governador também disse que irá ampliar número de restaurantes e unidades móveis do restaurante popular

Em visita ao Bom Prato de Paraisópolis nesta quarta-feira (17), o candidato à reeleição Rodrigo Garcia (PSDB) confirmou a criação do Cartão Bom Prato de até R$ 300 e anunciou a expansão da rede de restaurantes para mais de 100 unidades em todo o Estado. Outra proposta do plano de governo é a ampliação de caminhões do Bom Prato Móvel para levar alimentos às famílias em extrema pobreza.

“A fome é um dos grandes desafios do gestor público. Aqui em São Paulo, nos últimos tempos, ampliamos a oferta de alimentação barata para a população carente. Aumentamos os serviços principalmente depois a pandemia, servindo 2 milhões de refeições a mais para demonstrar a importância da alimentação aos mais vulneráveis”, disse Rodrigo.

O governador citou a criação do Bom Prato Móvel, com 17 unidades. Até setembro serão entregues mais 10 postos do Bom Prato Móvel. Cada caminhão serve 300 almoços ao dia, de segunda-feira a sexta-feira.

Sobre a rede de restaurantes do Bom Prato, o estado possuía 55 restaurantes em 2019. “Temos 83 hoje e vamos ampliar para mais de 100 restaurantes físicos no próximo mandato”, destacou Rodrigo. A mais importante proposta de Rodrigo Garcia para o próximo mandato é a criação do Cartão Bom Prato.

“Vamos levar o Bom Prato ao bolso do cidadão, um cartão de R$ 300 para que pessoas inscritas no CadÚnico possam comprar seus alimentos. São Paulo possui mais de 1 milhão de famílias inscritas no CadÚnico e que terão acesso à alimentação”, explicou. “Nos próximos quatro anos ninguém vai passar fome com os restaurantes do Bom Prato, com o Bom Prato Móvel e agora com o Cartão Bom Prato”, reforçou.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM