PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Rebeca Andrade desembarca em Guarulhos

Foto: Reprodução/CNN
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Ginasta já está de olho nas Olimpíadas de 2024

Porta-bandeira da delegação brasileira na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão, no domingo (8), a ginasta Rebeca Andrade desembarcou na noite desta terça-feira (11) no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

A atleta guarulhense, que defende o Flamengo, no Rio de Janeiro, ganhou duas medalhas olímpicas: ouro (salto) e prata (individual geral).

No desembarque, Rebeca conversou com fãs que a aguardavam e falou sobre suas pretensões para os Jogos de Paris, na França, em 2024.

“Eu quero sim estar nas Olimpíadas de Paris, óbvio. Mas penso um dia depois do outro. Ainda vou ter que treinar bastante. Ainda tem Mundial este ano, tem Mundial ano que vem. A gente sempre tem que pensar com calma, não pode atropelar. Foi essa preparação que fiz para chegar a Tóquio e para conquistar essas medalhas, então é assim que vou levar. Eu tenho que ficar forte mentalmente e fisicamente, porque o resto sai. Não preciso aprender ginástica, preciso manter a melhor ginástica q eu puder. É isso que vou buscar”, comentou aos jornalistas.

Aos 22 anos, Rebeca foi a primeira pessoa nascida em Guarulhos a conseguir uma medalha olímpica. Além das duas conquistas, ela garantiu um prêmio de R$ 400 mil do Comitê Olímpico Brasileiro.

Além de Rebeca, Guarulhos também celebrou as medalhas dos jogadores Claudinho e Gabriel Martinelli, da Seleção Brasileira de Futebol, que conquistou o ouro em Tóquio.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE