fbpx
PUBLICIDADE

Prefeitura quer retomar aulas presenciais nas escolas municipais em junho

Sala de Aula escola municipal
Foto: Eduardo Calabria/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Anúncio foi feito pelo secretário de Educação em reunião virtual com diretores na manhã desta sexta-feira (21)

O secretário de Educação de Guarulhos, Paulo Cesar Matheus, afirmou a diretores de escolas municipais, em reunião virtual na manhã desta sexta-feira (21), que as aulas presenciais devem ser retomadas em 1º de junho, uma terça-feira.

De acordo com o que foi apurado pela reportagem, os funcionários da educação devem retornar ao trabalho no dia 24 deste mês, enquanto professores que estão vacinados ou não fazem parte do grupo risco devem retornar no dia 31.

Já os alunos devem retornar no dia 1º de junho, sendo que as escolas municipais poderão receber até 30% da capacidade total de alunos.

A reportagem questionou a Prefeitura se a medida não descumpriria acordo firmado com a Apeoesp e o Sinpro, sindicatos que representam, respectivamente, os alunos da rede estadual da rede privada, no mês passado, que previa o retorno de aulas presenciais somente com todos os professores vacinados. O GRU Diário também tenta contato com os sindicatos.

Vale ressaltar que escolas particulares e estaduais não aderiram ao acordo, visto que não fizeram parte do processo.

Em nota, o Sinpro afirmou ser contra o retorno presencial das aulas durante a pandemia.

“É um descaso com a saúde pública e o bem estar reabrir as escolas neste momento que se anuncia a terceira onda e com 95% da UTI lotadas. Continuamos na luta pela suspensão das aulas presenciais na cidade de Guarulhos , em todas as redes de ensino”, afirmou.

O Stap (Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal), também se posicionou contra.

“O Stap é contra a volta a aula sem que os professores sejam vacinados é com todos os protocolos de segurança implementados”, disse em nota.

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta semana que entre os dias 21 e 31 de julho vacinará professores de todas as idades. As escolas estaduais, porém, continuar a funcionar em todas as cidades.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM