fbpx
PUBLICIDADE

Prefeitura impõe limites para reduzir custo com horas extras

Foto: Divulgação/PMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Decreto do Professor Jesus tenta frear gasto com funcionalismo

O prefeito em exercício, Professor Jesus (Republicanos), publicou decreto em que impõe novos limites para a realização de horas extras pelos servidores municipais. O autógrafo foi publicado no Diário Oficial do município de sexta-feira (29).

Na justificativa do texto, Jesus argumenta que a gestão pública está com necessidade de reduzir custos, em especial com pessoal. A proposta se contrapõe ao projeto do prefeito licenciado Guti (PSD), que enviou para a Câmara Municipal o projeto de revogação da taxa do lixo, com base na expectativa de superátiv de R$ 110 milhões nos cofres públicos no orçamento deste ano.

A partir deste mês, os servidores poderão fazer até duas horas extras por dia, com o limite de 60 horas mensais.

A Prefeitura atualizou a tabela de gastos com horas extras por secretaria. Apesar da tentativa de restrição, algumas pastas possuem limites mensais maiores do que os previstos inicialmente em janeiro, quando as contenções foram anunciadas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM