fbpx
PUBLICIDADE

Polícia Civil terá setor exclusivo para combate à corrupção em Guarulhos

Delegacia Seccional Polícia Civil
Foto: Divulgação/Governo do Estado
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Cidade é a quarta do Estado a adotar o Setor Especializado de Combate aos Crimes de Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro (SECCOLD)

A Polícia Civil de Guarulhos é a quarta do País a ter um departamento voltado exclusivamente aos crimes do colarinho branco. Conforme publicado no Diário Oficial do Estado na terça-feira, 16, a delegacia seccional de Guarulhos terá um Setor Especializado de Combate aos Crimes de Corrupção, Crime Organizado e Lavagem de Dinheiro (SECCOLD).

Com a publicação, caberá ao delegado seccional de Guarulhos, doutor Genésio Léo Junior, realizar a estruturação com a indicação dos policiais que irão compor esta unidade.

“A gente parabeniza o seccional de Guarulhos por ter adota esta medida, este setor tem sido uma grande bandeira da associação de delegados e tem a capacidade de exercer uma atividade que até então era uma lacuna em termos de investigação relacionada a corrupção envolvendo agentes públicos municipais e estaduais”, afirmou Gustavo Mesquita, presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (Adpesp).

De acordo com Mesquita, apesar de a Polícia Federal assumir um protagonismo no combate à corrupção, a Polícia Civil possui a mesma capacidade, variando apenas o objeto com foco em servidores municipais e estaduais.

“Se essa medida for implementada em todo o município, a gente teria uma Lava Jato em cada cidade, com moralidade e referência ao patrimônio público”, explicou Mesquita.

Segundo o presidente da Adpesp, a corrupção é um dos crimes mais graves pois tira dinheiro de áreas fundamentais, além de ter um significado moral muito negativo. “É um crome que corrompe a sociedade”, afirmou.

Além de Guarulhos, Sorocaba, Guaratinguetá e Jaú contam com um SECCOLD.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM