fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Polícia Civil desmonta central telefônica do PCC na Vila Endres que faturou R$ 10 mi 

Foto: Polícia Civil
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Três homens que aplicavam golpe do falso sequestro foram presos em um apartamento   

A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Roubo de Cargas de Guarulhos, prendeu três suspeitos de aplicar o golpe do falso sequestro, nesta sexta-feira (17), em um condomínio residencial na Vila Endres. 

Os suspeitos que fazem parte do PCC (Primeiro Comando da Capital) montaram uma central telefônica do crime no imóvel alugado com documento falso. As investigações apontam que o grupo teria movimentado R$ 10 milhões com os golpes, diz a polícia.

O golpe começa com uma ligação do criminoso fingindo que um familiar foi sequestrado. As vítimas são induzidas a depositar dinheiro em troca do suposto resgate. 

No imóvel os agentes apreenderam diversos aparelhos eletrônicos, bem como computadores com sofisticado sistema de programas de ligações automáticas para as vítimas e planilha com telefone e CPFs de vítimas. 

Segundo a Polícia Civil, também foram apreendidos drogas, um carro e uma motocicleta que era utilizada para buscar os bens das vítimas que eram extorquidas.

De acordo com apuração do GRU Diário, a Polícia Civil já havia prendido dois homens, na última semana, por aplicar o mesmo golpe contra uma idosa, no Maia. A dupla é suspeito de pertencer à mesma quadrilha. A vítima perdeu R$ 200 mil. 

As investigações continuam para identificar outros suspeitos envolvidos no crime. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM