fbpx
PUBLICIDADE

PM mata campeão mundial de jiu-jítsu com tiro na cabeça em show em São Paulo

Leandro Lo, campeão mundial de jui-jítsu
Foto: Reprodução/Instagram
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Leandro Lo foi morto durante show do grupo Pixote

O campeão mundial de jiu-jítsu, Leandro Lo, 33 anos, teve a morte cerebral confirmada neste domingo (7), após levar um tiro no rosto, durante o show do grupo Pixote, no Clube Sírio, na zona sul da capital paulista. Ele tentou apartar uma briga, quando foi baleado. O autor do tiro é o policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo, que estava de folga e fugiu.

De acordo com relato da polícia, houve uma discussão e Henrique foi à mesa de Leandro e pegou uma garrafa. O lutador se levantou, derrubou o policial e o imobilizou. Eles foram separados, mas Henrique sacou a arma e atirou no rosto.

Leandro chegou a ser levado ao Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya, onde teve morte cerebral confirmada.

Apesar da morte do campeão mundial, o caso foi registrado como tentativa de homicídio pelo 16º DP (Vila Clementino). A polícia pediu a prisão preventiva de Henrique, que ficou foragido até o início da noite, quando se entregou à Corregedoria da PM.

Referência no jui-jítsu, Leandro conquistou cinco Copas do Mundo e oito Pan-americanos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM