fbpx
PUBLICIDADE

PDT lança Ciro Gomes como pré-candidato à presidência da República

Foto: Divulgação/PDT
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Em seu discurso, o pedetista criticou Bolsonaro, o ex-presidente Lula e o ex-juiz Sergio Moro

O PDT lançou nesta sexta-feira (21) em Brasília a pré-candidatura de Ciro Gomes, à Presidência da República. O discurso do pedetista, cujo tema foi ” Rebeldia da Esperança”, ocorreu na sede do PDT, em Brasília, durante a convenção nacional do partido. 

O ex-governador do Ceará não poupou críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e aos ex-presidentes Luiz Inácio da Lula (PT), Fernando Collor e Fernando Henrique (PSDB).

“Seria mentira afirmar que eles, sem exceção, impuseram um tipo de governança que tem o conchavo e a corrupção como eixos? Não, não é exagero, é pura realidade”, disse Ciro. E continuou.

“Este desmonte e repetição do mesmo modelo  já vem de muito tempo.
Collor escancarou a porteira, Fernando Henrique preparou a mesa do banquete e Lula condimentou melhor os pratos. Depois de servir cerimoniosamente os tubarões, Lula distribuiu, com compaixão de filantropo, as sobras para os mais pobres”, disse em seu discurso.

O pedetista ainda criticou o ex-juiz da Lava Jato, Sérgio Moro, que deverá concorrer à presidência. 

“No fundo, Moro faz de tudo para esconder a prova cabal de seu fracasso, da sua parcialidade e de sua incompetência. O fato de ter contribuído, ao mesmo tempo, para a eleição de Bolsonaro – ao tirar Lula da disputa em 2018 – e de Lula estar agora apto a concorrer, porque, como juiz parcial, transformou um processo técnico em panfleto político.”

O pré-candidato terminou o discurso afirmando que a sua candidatura é a “única que mudar o modelo econômico e a forma velha e corrupta de governar, porque temos projeto, coragem e experiência.”

Leia o discurso na íntegra.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM