PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mulher é presa com droga sintética no Aeroporto de Guarulhos

Foto: PF
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Passageira iria embarcar para a Etiópia

A Polícia Federal (PF), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em ação conjunta com a Receita, prendeu no final da tarde desta quarta-feira (23), uma passageira, que desembarcou de voo internacional, portando droga oculta nas estruturas das malas.


Servidores da Receita Federal, que atuam junto aos canais de inspeção alfandegária, e fiscalizavam os passageiros que desembarcaram de voo procedente de Addis Ababa, na Etiópia, selecionaram uma passageira, que havia optado em passar pelo canal “nada a declarar”, e realizaram a inspeção indireta das malas por meio do aparelho de raio-x.

As imagens revelaram matéria orgânica oculta nas estruturas das malas. Conduzida à bancada e na presença de testemunhas, os servidores cortaram as laterais das malas e encontraram oito volumes contendo substância cristalizada que foi submetida ao reagente químico e cujo resultado sinalizou compatibilidade com droga sintética.

Os policiais federais foram acionados e conduziram a suspeita à sede policial onde os peritos federais, por meio dos exames periciais, confirmaram que os quase 5 Kg da substância eram metanfetamina.

A mulher, que recebeu voz de prisão, disse em seu depoimento, que recebeu a droga na cidade de Joanesburgo, na África do Sul, e receberia um pagamento em dinheiro pelo seu transporte.

A mulher será apresentada à Justiça Federal e responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM