PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

PUBLICIDADE

Anterior
Próximo

Motoboy é esfaqueado por amigo de infância enquanto dormia em Guarulhos

Foto: Reprodução/Record TV
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

PUBLICIDADE

Vítima foi achada com nota de R$ 50 dentro da boca. O agressor fugiu e família pede informação de seu paradeiro 

O motoboy Jonnathas Mathias Rodrigues, de 30 anos, foi morto a facadas pelo amigo, Joanderson dos Santos, 21 anos. O assassinato que ocorreu em Guarulhos, na manhã do dia 6 de maio, chocou os familiares e amigos que tentam entender o que motivou o crime. O caso ganhou repercussão após reportagem do Balanço Geral, nesta quinta-feira (12).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segundo a irmã da vítima, ele foi morto enquanto dormia, sem chance de defesa. Desde a morte de Jonnathas, também chamado de Cabeça, os familiares estão em busca de informações sobre o paradeiro de Joanderson, conhecido como Jobinha.

A irmã fez um apelo pelas redes sociais junto com a foto do agressor. 

“Esse aqui é o Joarderson Santos, ele tem 21 anos e está foragido, se dizia ser amigo do *Jhonnatas*, mas no dia 06/05/2022 na parte da manhã,  matou ele esfaqueado, na covardia porque *Jhonnatas* estava dormindo e não pode nem tentar se defender, depois de ter o matado, Joarderson roubou a moto, mais dps de algumas horas abandonou levou tbm a carteira, com documentos e os cartões do banco pegou o  celular de *Jhonnatas*… e sumiu, não temos mais notícias, nossa família queremos justiça pelo *Jhonnatas* que não merecia morrer e ainda mais de uma forma tão cruel assim!!! QUEM VER ESSE CARA, ENTRAR EM CONTATO POR FAVOR.”

O crime

No dia do crime os dois amigos foram vistos juntos. Eles saíram à noite para jogar dominó e beber, e foram vistos em adegas da região. Jonnathas não voltou para casa. No dia seguinte, foi encontrado morto na residência do amigo com uma nota de R$ 50 dentro da boca. Ele foi golpeado por diversas vezes no pescoço.

O agressor confessou o assassinato por telefone para o tio e disse que tinha deixado o corpo na casa onde morava com a mãe, enrolado em um lençol. Joanderson levou a carteira com os documentos e cartões da vítima, o celular e a moto. O veículo foi abandonado posteriormente, e recuperado. 

Não há histórico de briga entre os dois jovens, segundo os parentes. As duas famílias eram amigas e participavam de festas e churrasco juntas.

A mãe de Jonnathas não consegue acreditar na morte do filho e continua enviando mensagens para ele. “Ele dormiu com o inimigo e não sabia”, disse a irmã ao Balanço Geral.  

O caso foi registrado no 2º DP de Guarulhos.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Compartilhe
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
VEJA TAMBÉM

PUBLICIDADE