fbpx
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Martello ignora pressão da base governista e mantém destituição de Ticiano Americano

Martello x Ticiano Americano
Fotos: Divulgação/CMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Debate sobre a reeleição da Câmara Municipal toma conta dos debates na sessão

O presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT), manteve nesta quarta-feira (15) a posição de destituir o vereador Ticiano Americano (Cidadania) da presidência da Comissão de Justiça e Redação. A medida toma por base o artigo 118 do Regimento Interno, que obriga as comissões a darem pareceres nos projetos em até 10 dias.

Ao anunciar a destituição de Ticiano, vereadores da base governista pressionaram Martello a esperar um parecer da Comissão de Ética, conforme tinha explicado o vereador Gilvan Passos (PSD). Contudo, Martello não retrocedeu.

“Fiz o que tenho que fazer. Não posso prevaricar”, disse.

A decisão de Martello ocorreu após Ticiano ingressar com uma representação criminal contra ele no Ministério Público do Estado de São Paulo, por falsidade ideológica e improbidade administrativa. Ambos querem a presidência do Legislativo na gestão 2023/2024, mas Ticiano tenta impedir que Martello possa concorrer à reeleição.

O Legislativo votaria hoje, em segunda discussão, projetos de Martello que permitem a sua reeleição, com alteração no Regimento Interno da Casa de Leis e na Lei Orgânica do Município. Entretanto, a votação foi cancelada após liminar obtida no Judiciário por Ticiano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM