fbpx
PUBLICIDADE

Martello confirma que deixa de realizar sessões por interesse particular

Foto: Karina Yamada/CMG
Compartilhe
PUBLICIDADE
Previous slide
Next slide

Câmara de Guarulhos é a única a não permitir participação popular desde o início da pandemia

O presidente da Câmara Municipal, Fausto Miguel Martello (PDT), afirmou nesta sexta-feira (29), durante sessão extraordinária, que não retornará o fluxo normal de atividade do Legislativo, com sessões ordinárias as segundas e quartas-feiras, enquanto não resolver a pendência pela sua reeleição.

As demais Câmaras do Alto Tietê já realizam sessões presenciais, inclusive com autorização de participação da população. Em Guarulhos, contudo, as pessoas podem assistir apenas pela página da TV Câmara Guarulhos no Facebook.

Na sessão de ontem, o vereador Paulo Roberto Cecchinato (PTB) questionou Martello sobre quando serão retomadas as sessões ordinárias presenciais. Supreendentemente, o presidente da Câmara falou publicamente sobre a sua decisão de não retornar ter relação com a sua reeleição – um interesse particular.

“Pretendo voltar quando o STF voltar a ser presencial, mas mesmo que o STF não for presencial, pretendo quando resolver esse embate meu e do Ticiano (Americano). Simples assim. Resolveu semana que vem. Na outra vai ser ordinária”, afirmou.

A disputa entre Martello e Ticiano se refere à Presidência do Legislativo. Ticiano quer ser o próximo presidente e protocolou projeto de resolução que permite reeleições para o cargo apenas em 2025, o que impediria Martello de se manter no cargo em 2023 e 2024. Martello quer colocar o projeto para ser votado – e derrubá-lo em plenário – mas Ticiano está segurando um parecer que liberaria a votação.

Ao ouvir a resposta, Cecchinato disse que “se não fosse cômico, é engraçado”. Ele disse que não via motivo para não retomar as sessões ordinárias presenciais.

Martello disse ainda que “a vereança é engraçada” e que se tivesse poder de polícia “teria prendido um monte de gente.

Nenhum outro vereador questionou a posição de Martello. Com isso, a Câmara Municipal segue sem realizar sessões as segundas e quartas-feiras, assim como impedir a participação popular.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
Previous slide
Next slide
Compartilhe
VEJA TAMBÉM