PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ladrões roubam mulher e filha de líder do PCC e são julgados pelo tribunal do crime

Foto: Reprodução/Google Maps
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on linkedin
Share on pinterest

PUBLICIDADE

Vítimas foram abordadas após deixarem o estacionamento do Aeroporto de Guarulhos

A mulher de um líder do PCC (Primeiro Comando da Capital) foi assaltada junto com a filha na rodovia Ayrton Senna quando voltava do Aeroporto de Guarulhos. 


As duas tinham ido para Brasília onde visitaram o marido e pai em uma penitenciária federal e deixaram o carro no estacionamento do aeroporto. O preso é da alta cúpula do PCC. 

Segundo o colunista do UOL Josmar Jozino, cerca de cinco criminosos foram identificados por membros do PCC e obrigados a devolver todos os itens roubados. Eles acabaram julgados pelo “tribunal do crime” da facção e há suspeita de que estejam mortos.

O grupo atirou um pedregulho no carro das vítimas que foram obrigadas a parar. Neste momento, os ladrões se aproximaram e anunciaram o assalto. 

A mulher chegou a dizer que seu marido era líder do PCC, mas os ladrões debocharam dela e deram risada. A filha teria sido agredida com tapas no rosto. O grupo levou o carro e alguns objetos. 

Líderes do PCC se organizaram para encontrar os ladrões fazendo buscas pela Ayrton Senna. Ainda segundo o colunista, não demorou muito tempo para que fossem localizados. 

Os ladrões confessaram o crime e contaram onde estavam os itens roubados. Eles tiveram a morte decretada pela facção. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM